Luis Fernando Verissimo - A morte da Velhinha de Taubaté

Prosseguem as investigações sobre a morte da Velhinha de Taubaté, que ficou conhecida nacionalmente por ser a última pessoa no Brasil que ainda acreditava no governo. O inquérito está sendo conduzido pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, dada a repercussão do caso. Um promotor sai de cinco em cinco minutos da sala em que está sendo interrogado o gato da Velhinha, o Zé, para informar à imprensa o que se passa lá dentro, embora o gato tenha, até agora, dito muito pouco. “Miau”, basicamente.

Houve um princípio de tumulto entre repórteres quando uma equipe da televisão, gravando clandestinamente no interior da casa da Velhinha, localizou um pedaço de papel com números e o que parecia ser a palavra “off-shore” em letra tremida, o que indicaria que a Velhinha tinha uma conta no exterior, onde receberia para acreditar no governo. Depois se revelou que eram números para jogar na Sena, que a Velhinha sempre acreditava que ia ganhar, e que a palavra escrita era “oxalá”. Mas alguém ficou com o papel e é possível que a notícia “Velhinha tinha conta no exterior” apareça em alguma manchete nos próximos dias para atrair a atenção, mesmo que o texto diga outra coisa. Sabe como é a imprensa.

Todas as CPIs em andamento no Congresso Nacional disputam a prioridade em convocar o Zé para depor em Brasília, o que tem acirrado o conflito entre elas, que muitos temem possa acabar numa guerra aberta com congressista brigando com congressista pelos corredores e todos se juntando para pegar o ACM Neto.

Só o gato poderia contar o que realmente aconteceu, na improvável hipótese de, ao contrário do que fizeram tantos outros nas CPIs, começar a falar. Mas pode-se deduzir o que levou a Velhinha a morrer — ou se matar com veneno no chá. Ela nunca se recuperou totalmente do choque da notícia da compra de votos para reeleger o Fernando Henrique, seu ídolo na ocasião, apesar de depois acreditar em todos os desmentidos. Debilitada, sofreu outro baque com as denúncias contra o Palocci, seu ídolo atual, e outro baque quando soube que nem no Ministério Público se podia confiar. Foi demais para a Velhinha.

O curioso é que as alegres multidões que iam até a sua casa na esperança de ver o fenômeno, um brasileiro que ainda acreditava, estão sendo substituídas por tristes romeiros que visitam o santuário improvisado na frente da sua casa, em Taubaté, na esperança de recuperar a fé. A Velhinha pode muito bem se transformar em milagreira depois de morta. As pessoas querem acreditar, pelo menos, em quem acreditou um dia.

4 comentários:

Anônimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. Million dollar baby volkswagen Cellulite wickel

Anônimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! Lipitor chemistry Book odds limit texas holdem How can i get phendimetrazine Stopper station fire alarm horn Fitness center frankfurt apply credit card Accounting for deferred taxes face lift metairie Pittsburgh asbestos lawyers Quit smoking tip quit smoking quitsmokingcentral com Bath door folding tub florida lottery 96 infiniti g20 body kit

Anônimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP Buy klonopin cod kenya's coat of arms 420mg provigil available Bookcase bookstands provigil covered by healthlink http://www.video-card-drivers.info/automobile-surveillance-video.html black box warning for ritalin Tadalafil low cost drugs Cabinet installation support stand Yoga and pilates and bolingbrook illinois 2000 camaro convertible 18 inch rims Entire earrings Stab lock circuit breaker accessories

Anônimo disse...

Photo from my Best weekend in this year ! ! ! ( [url=http://webraindor.info/wiki/phentermine][b]phentermine[/b][/url] )
Look it here :

[url=http://theguidedes.info][b]I and my Girl [/b][/url] or [url=http://rxinfoonline.info][b]My friends girl[/b][/url]